Mostrando postagens com marcador Classificar laelia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Classificar laelia. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Laelia purpurata e suas variações de cores

As purpuratas são geneticamente bem definidas, suas variedades são classificadas primeiramente pela cor de suas peças florais e, depois pelos seus desenhos, principalmente do labelo. Todas possuem pétalas e sépalas brancas ou levemente coloridas. Exceto a Laelia purpurata tipo, que possui pétalas e sépalas rosadas, e a Laelia purpurata alba, que é totalmente branca.

Classificação do nome das variedades e as tonalidades dos labelos:
  • Alba: toltalmente branco.
  • Ardósia: sépalas e pétalas brancas ou tingidas de cinza-chumbo com labelo cinza-chumbo.
  • Cárnea: avermelhado ( coloração semelhante a do morango).
  • Canhanduba: semelhante ao interior da abóbora.
  • Roxo-bispo: labelo roxo ( semelhante a cor das vestes dos bispos católicos).
  • Roxo-violeta: roxo com matizes azuladas.
  • Russeliana: rosa-lilás
  • Tipo: purpúreo
  • Vinicolor: colorido na tonalidade do vinho tinto.
Classificação pelo formato do colorido:
  • Suave: palidamente colorida.
  • Semi alba: branca com apenas o lóbulo central do labelo purpúreo.
  • Anelata: apresenta um anel bem marcado que vai de um lóbulo ao outro.
  • Áurea: interrupção do colorido e intensificação do tom amarelado da entrada da fauce.
  • Flamea: colorido intenso nas pétalas.
  • Marginata: filete branco na borda do labelo.
  • Multiforme: labelo com desenhos variados e sem lóbulo central.
  • Sanguínea: estruturas em tom purpúrei sanguíneo.
  • Striata: estrias nítidas nas pétalas.
Dentre muitas outras há ainda os clones, ou subvariedades, plantas com características únicas.